Todas as razões que levam à aquisição de uma bacia de retenção
Pesquisador de bacias
Começar

Armazenar substâncias perigosas em bacias de retenção

É normal referir que uma gota de óleo pode contaminar 1000 litros de agua! Na Europa, a contaminação e poluição de água pode significar multas ou sansões até 5 anos. Existindo mesmo uma máxima que refere: “Quem contamina e polui, paga!”.

Como podemos evitar?

Diariamente estamos em contacto com substâncias perigosas e muitas vezes sem saber como armazenar as mesmas da maneira mais correta, protegendo assim o Meio Ambiente e o Homem.



Perguntas frequentes sobre bacias de retenção

A bacia deve ser construída em material não combustível e estanque aos líquidos armazenados.

O material com que está fabricada uma bacia de retenção deve ser compatível com os líquidos armazenados.

Para armazenar substâncias contaminantes não agressivas ou líquidos inflamáveis, como óleos ou pinturas, a bacia adequada deve ser em aço, na sua versão lacada ou galvanizada.

Para o armazenamento de produtos químicos agressivos (corrosivos), tais como ácidos e bases, são adequadas as bacias de retenção em polietileno ou aço inoxidável.

De forma orientativa, o material adequado para uma bacia de retenção costuma ser o mesmo do recipiente em que se armazena o produto.

As bacias de retenção, segundo qual seja a sua principal função, tem distintas configurações.

As bacias com acesso inferior integrado, permitem o transporte interno com empilhador, enquanto que as bacias sem acesso inferior, colocam-se diretamente sobre o solo e/ou paletes.

Por outro lado, as bacias são submetidas a provas que certificam o seu volume de retenção e estanqueidade. Nas bacias em aço, cada cordão de soldadura é verificado através da prova dos líquidos penetrantes.

O recinto tem que cumprir os requisitos necessários em matéria de ventilação e proteção contra o fogo.

O volume de retenção mínimo de uma bacia de retenção, tem de ser o maior volume entre: 1) Recipiente de maior volume armazenado; 2) 10% do somatório de todos os volumes armazenados. No entanto,  algumas zonas de proteção especial, requerem volumes de retenção maiores, como por exemplo, para Óleos Usados e obtenção da Certificação "Global Gap".  

Consulte os nossos especialistas, com relação à Legislação em vigor e Normas de Segurança adequadas.

Telefone através do 800 11 31 46

Dúvidas sobre bacias: E se...

Guia DENIOS sobre incompatibilidades

Comprove a compatibilidade das substâncias químicas através do Guia DENIOS. 

A bacia deve ser previamente submetida a uma limpeza com os absorventes adequados.

Recolha o produto derramado com o absorvente adequado.

Os absorventes estão disponíveis segundo a substância a recolher: Absorventes universais, para óleos e especiais.

Consulte os certificados do fabricante.

Revise a estanqueidade da bacia através de uma prova de água para verificar que não existem fugas. Comprove também que a bacia não sofreu nenhum processo de corrosão.

As maiorias das bacias estão projetadas com encaixe para garfos/pás de empilhadores/porta-paletes.

Alguns modelos, estão também disponíveis com rodas. Se for necessário transportar uma bacia sem acesso inferior para empilhador nem rodas, pode colocá-lo diretamente sobre uma palete para o transporte no interior e exterior das suas instalações. Ter em atenção a Legislação em vigor.

Podem ser colocadas tanto no interior como exterior de edifícios, mas não em zonas de perigo iminente. Se for colocado no exterior, devem estar protegidas da água da chuva.