“O contentor DENIOS salvou-nos a vida”

Incêndio em Uelzen (Alemanha): um contentor modular repleto de produtos inflamáveis protege não só os bombeiros, como evita um desastre ambiental.

“O contentor DENIOS salvou-nos a vida”

Incêndio em Uelzen (Alemanha): um contentor modular repleto de produtos inflamáveis protege não só os bombeiros, como evita um desastre ambiental.

“O contentor DENIOS salvou-nos a vida”

Um contentor DENIOS com proteção contra incêndios cheio de produtos inflamáveis foi a única peça de mobiliário que ficou de pé no incêndio de uma fábrica de móveis em Uelzen (Alemanha).

 

Os bombeiros de uma aldeia recôndita na Alemanha escaparam de uma morte certa. O contentor modular resistente ao fogo REI 90 minutos concebido e fabricado pela empresa DENIOS salvou-lhes a vida.

O incêndio deflagrou na localidade Alemã de Uelzen, numa fábrica de móveis de madeira, na qual são utlizados grandes volumes de pinturas, vernizes e solventes no seu processo de fabrico. E para adensar ainda mais o cenário, a estrutura principal do edifício tinha sido construída em madeira. No momento mais esdrúxulo do incêndio, o calor e as chamas eram tão intensas que, a estrutura de uma janela em PVC, bem como a luminária exterior de uma propriedade contígua fundiram-se literalmente.

Os bombeiros lutaram contra o fogo durante várias horas antes de o conseguirem controlar. No decorrer do processo de extinção do fogo, decidiram subir ao telhado de uma estrutura que eles acreditavam ser uma garagem construída no interior da fábrica, com o intuito de poder controlar melhor a zona incendiada.

Apenas no dia seguinte, no momento em que os oficiais a cargo da investigação tiveram acesso ao supracitado habitáculo, é que se aperceberam de que os seus colegas tinham estado em cima de um contentor de armazenamento que estava repleto de líquidos inflamáveis.

Conforme as imagens fotografadas no local do incêndio, a estrutura permaneceu intacta e resistiu a temperaturas que alcançaram, seguramente, os 1100ºC. Mais acresce, no momento em que os investigadores abriram as portas puderam constatar que a parte interior das mesmas estava ligeiramente danificada e que nenhum dos materiais, altamente inflamáveis, aí armazenados, apresentava qualquer sinal de detioração. Deste modo, os bombeiros, visivelmente surpreendidos, afirmaram: “o contentor da DENIOS salvou-nos a vida”.

Esta façanha técnica ilustra a fiabilidade dos contentores do Grupo DENIOS, evidenciando as qualidades que fazem da DENIOS o líder europeu no setor da armazenagem de produtos químicos e perigosos, protegendo, com a sua eficácia, o meio ambiente.